O Ser Humano: Origens, Lemúria,

O Ser Humano: Origens, Lemúria,

 

LEMURIA

Acerca de 4 500 000 anos a.C. 1, o Arcanjo Miguel, com a sua equipa de anjos da Chama Azul e muitos seres do Reino de Luz, com a bênção do Pai-Mãe-Deus, escoltaram para este planeta as primeiras Almas que se tornariam a semente da raça lemuriana. Isto teve lugar no Royal Teton Retreat, onde se situa hoje o conhecido Grand Teton National Park, perto de Jackson, Wyoming. As Almas novas encarnadas neste planeta vieram originalmente da Terra de MU, no Universo de Dahl. Nessa altura, a Terra expressava em todo o lado uma perfeição, uma abundância e uma beleza difíceis de imaginar hoje em dia. Era, de fato, o mais magnificente paraíso deste universo e de toda a Criação e esta perfeição foi mantida durante alguns milhões de anos, até ao início da queda da consciência, que ocorreu durante a quarta Idade de Ouro. Finalmente, outras raças de Sírius, Alfa Centauro e Plêiades, e mais alguns planetas, vieram e juntaram-se a estas Almas-“semente” para também elas evoluírem. À medida que estas raças se misturavam, formavam, em conjunto, a Civilização Lemuriana. Poder-se-ia dizer que, no mínimo, era uma mistura espantosa! Lemúria, a Mãe-Pátria, tornou-se o berço de uma civilização iluminada neste planeta, apoiando também o nascimento de muitas outras civilizações. A Era da Atlântida nasceu mais tarde. De fato, no início, estas Almas maravilhosas, que vieram de UM para a “grande aventura”, tiveram de ajustar-se e aclimatar-se a muitas experiências novas. Com o apoio e orientação dos anjos, eram instruídas no interior do Royal Teton Retreat sobre o modo de viver aqui e,

gradualmente, aventuraram-se mais e mais longe, começando a formar pequenas comunidades.

À medida que se ajustaram e ganharam confiança, aventuraram-se cada vez mais longe do Retiro e viriam, mais a colonizar todo o continente lemuriano, que era vasto e se estendia adentro pelo que vocês conhecem hoje como o Oceano Pacífico

e além dele. Antes da queda, os Lemurianos não estavam completamente em

expressão física tal como vocês o entendem atualmente. Nesse tempo, a Terra existia numa expressão de 5.ª dimensão e eles viviam principalmente nos seus corpos vibracionais de Luz de 5.ª dimensão, com a capacidade de diminuírem a sua vibração para experimentarem, nos seus corpos, níveis vibracionais mais densos, voltando para os corpos de Luz quando quisessem.

Obviamente que estes fatos registraram-se há muito tempo atrás, antes da chamada “queda”, que trouxe a diminuição gradual da vibração da consciência desta maravilhosa raça e também de todos os outros seres vivos deste planeta. O nosso povo, como muitas outras civilizações, caiu definitivamente para o nível da 4.ª dimensão e, mais tarde, por completo para o da 3.ª dimensão. Esta queda da consciência aconteceu num período de alguns milhares de anos.

Bem vindos à nossa Composição Fotográfica especial sobre os Cristais Semeadores Lemurianos. Estes maravilhosos cristais são particularmente importantes neste momento, uma vez que procuram trabalhar com os humanos no sentido de ancorarem e activarem a nova rede Paraíso no Planeta.

 

Os Cristais Semeadores Lemurianos podem ser extraídos no Brasil. São cristais geradores criados de forma natural. No entanto, enquanto os cristais quartz brasileiros são normalmente transparentes, estes são foscos ou parece que contêem “conteúdo” na sua aparência. A característica particular que os identifica é a existência de estrias horizontais numa das faces que termina numa face triangular.

 

Estes foram semeados no planeta durante os últimos dias da antiga Lemúria e têem uma missão especial neste momento. A sua tarefa é a de criar uma “ponte temporal” entre a antiga Civilização Lemuriana e a Nova Terra que será construída sobre a antiga matriz ou modelo do “Paraíso” Lemuriano.

 

Os Cristais Semeadores Lemurianos são supremos entre o Reino Cristal. São os únicos dentro do holograma planetário que estão ligados a todos os outros cristais. Eles transmitem aos demais a mensagem da Unidade e do Amor que eram a energia-chave da Lemúria. E este é o seu trabalho: reactivar, na matriz interna planetária, esta memória ancestral da Unidade para que a mesma se torne na forma de vida da Nova Terra.

 

Os Cristais Semeadores Lemurianos serão atraídos pelas pessoas que se encontram a trabalhar na ancoragem de energias para o interior da grelha planetária nos tempos correntes.

 

Os Cristais Semeadores Lemurianos revelaram a existência de determinados pontos de Origem Lemuriana na Terra. Tratam-se de locais que fizeram outrora parte da antiga civilização Lemuriana e que ainda sustentam, no seu interior, a matriz da essência da Lemúria. Contrariamente às crenças populares, o verdadeiro continente “Mu” não estava originalmente situado no Pacífico, mas era antes uma vasta massa territorial unificada que incluía a América do Sul, África, Índia e Austrália. Quando se deu a sua separação, este continente original dividiu-se na formação dos continentes actuais.

 

Os Pontos de origem Lemuriana que estão a ser activados agora, incluem a Ilha de Maui, no Havai, a área do Cabo Ocidental da África do Sul, a área da Península Valdez, na Argentina, alguns locais da Nova Zelândia e a Ilha de Madagáscar.

 

Estes são lugares que estão a ser muito visitados por baleias, as quais também se encontram a trabalhar na sustentação e na activação do Paraíso da matriz Lemuriana.

P.S. Um agradecimento especial a Katrina Raphael, que canalizou a informação original sobre Os Cristais Semeadores Lemurianos.

 

Muitas pessoas chamam-lhes “Cristais Semente Lemurianos”. Jan passou a chamar-lhes “Cristais Semeadores Lemurianos” e eu gostei… por isso, seja: “Cristais Semeadores Lemurianos”.

 

Dessa forma, destaca-se a noção de que estes cristais transportam em si uma consciência muito remota que sustenta os códigos do Paraíso original que vêm das estrelas a semear no planeta.

 

Fonte:Imagens de Jan Custers e Texto de Celia Fenn

http://www.starchildascension.org/portuguesa/lemurianspor.html

A ATLANTIDA

O continente Atlante situava-se no Atlântico Norte, indo desde a costa da atual Flórida (USA) até as ilhas Canárias e os Açores. Sua cultura era muito avançada. Em muitos pontos, ultrapassava a nossa com facilidade. Oriunda de um aperfeiçoamento e emigração dos remanescentes da Terceira Raça Raiz (Lemuriana), a raça Atlante alcançou rapidamente  um patamar elevado em conhecimentos e tecnologia. Esta tecnologia diferia muito da atual em termos de padrão de frequência vibracional. Estava diretamente relacionada com as forças da Natureza e continha aspectos energéticos (metafísicos e radiônicos) e até espirituais unidos numa só Ciência (conceito praticamente impossível de ser aceito e assimilado pela "Ciência" atual).

A raça atlante possuía um desenvolvimento bastante avançado  das faculdades ditas paranormais, existindo uma "ligação direta" com outras realidades dimensionais. O conhecimento das Grandes Verdades Cósmicas era aberto, não existindo nada absolutamente velado. Mantinham intercâmbio com culturas provenientes de várias regiões do espaço (civilizações extraterrestres) e com os Seres das Hierarquias  do Governo Oculto Espiritual do Planeta. Acredita-se que a tecnologia de construção e manipulação de energias das estruturas piramidais seja de origem extraterrestre, transmitida aos Atlantes , tais como as Pirâmides do Egito e do México (apenas réplicas dos originais atlantes).

Na região conhecida como "Triângulo das Bermudas" existe um vórtice de energia espaço-temporal, gerado possivelmente pela Grande Pirâmide Atlante submersa ali. Neste local, além de outros fenômenos tais como a já rotineira alteração da leitura dos instrumentos de navegação, registram-se também muitas aparições ufológicas. Aliás, os atlantes dominavam máquinas voadoras que pousavam em qualquer parte do planeta, principalmente nas "Pistas de Nazca" no Peru.

Foram encontrados no Egito e, principalmente na cultura Inca, caracteres hieroglíficos e objetos que lembram aeronaves, algumas apresentando as asas em delta! Tais objetos foram testados em túneis de vento, apresentando um comportamento aerodinâmico perfeito!

Os "computadores" atlantes eram os próprios cristais de quartzo, utilizados principalmente como armazenamento de conhecimentos e acionados por poder mental (são os cristais "arquivistas" tão conhecidos dos cristaloterapeutas).

O domínio dos cristais, juntamente com a manipulação de aparelhos radiônicos (a hoje conhecida "pilha cósmica" dos radiestesistas - um conjunto de semi-esferas sobrepostas - foi  muito utilizada na Atlântida como arma de grande poder), era um dos pontos fortes de seu conhecimento, uma vez que, aliado a um grande poder mental, era gerado um formidável potencial energético altamente positivo quando bem direcionado, assim como incrivelmente devastador quando errônea e maleficamente utilizado.

Houve um declínio dos padrões éticos, morais etc. que  gerou estados vibratórios bastante densos. Aliás, este foi um dos principais (senão o principal) motivos do desaparecimento da civilização das Sete Portas de Ouro, que também fazia uso de tecnologia nuclear. A situação chegou a  um estado crítico quando ocorreu a manipulação indiscriminada da engenharia genética, gerando verdadeiras aberrações, conhecidas hoje como os seres mitológicos de algumas culturas, tais como os Titãs da Mitologia Grega. Os Sábios e Sacerdotes Atlantes, prevendo a destruição, emigraram juntamente com os genuínos da Raça para outros  pontos da Terra, levando consigo seus vastos poderes e conhecimentos que desde então têm sido passados de boca para ouvido pelos Iniciados, nas "Escolas de Mistério", a fim de que não caiam em mãos dos adeptos do "Caminho da Mão Esquerda" e outros irresponsáveis. Os lugares que já eram Colônias, tais como o Egito, pequena parte da Índia, América Central e do Sul, floresceram rapidamente com a chegada dos Sábios, assessorados por ET's. A principal Colônia, salvaguarda até os dias de hoje, grande parte dos conhecimentos poderosos num local muito bem guardado  abaixo da Esfinge e das Pirâmides (construídas pelos atlantes sob supervisão extraterrestre) e em outros Templos ao longo do Nilo, no Egito. Tais "documentos" (os papiros sagrados de Toth) estão prestes a serem descobertos, segundo Edgar Cayce, famoso e conceituado paranormal norte-americano, que vislumbrou em visões tal fato, ainda na primeira metade deste século. Atualmente, descobertas formidáveis têm sido feitas no Egito pelos arqueólogos, constatando novas pirâmides e até um gigantesco Templo (ou palácio) abaixo de uma "moderna" estrutura do período Ptolomaico.

Oficialmente, admite-se hoje que, provavelmente cerca de  55% do Antigo Egito ainda está sob as areias do Deserto e do tempo! E se há muito que desvendar, a hipótese da existência  e conseqüente descoberta dos "documentos atlantes", ao  contrário de absurda, como ainda teimam alguns céticos, é  bastante previsível e até, concreta. Que dizer então das ainda mais enigmáticas civilizações Pré-Colombianas, das quais se conhece muito pouco? Que segredos encerram? E as civilizações da Amazônia? Que escondem as autoridades científicas e governamentais das potências mundiais sobre  tais assuntos, num procedimento semelhante ao adotado no fenômeno UFO? Porque existe uma incidência cada vez maior de aparições ufológicas em tais locais?

Curando o Coração da Lemúria

 

A limpeza dos antigos registros lemurianos, remanescentes da Nova Era na Terra Amados, queridos irmãos e irmãs do passado, antigos membros da família. Em nome do Conselho Lemuriano de Telos, em nome de Ra e Rana Mu, rei e rainha de Telos, e também em nome de meio milhão de nós, aqui presentes esta noite, nos nossos corpos etéreos, é com grande alegria, amor e honra que vos cumprimentamos. Enquanto abrimos os nossos corações a vós, pedimos que também abram os vossos para nós,

proporcionando uma grande cura.

Estamos aqui esta noite para co-criar em conjunto uma muito importante limpeza e cura para o nosso planeta e para todos vós também.

Vamos chamar a isto a primeira limpeza dos antigos registros lemurianos dolorosos, ainda remanescentes nos corações e Almas da maioria das pessoas. E, em segundo lugar, através da reconexão dos vossos corações, vamos criar uma nova e mais direta ligação entre as duas civilizações. O tempo da nossa separação está quase a acabar e

estamos agora a religar coração a coração com o maior número de vós, diariamente. Esta abertura que vamos agora co-criar, meus queridos, vai acelerar o tempo para aparecermos entre vós. Brevemente, as duas civilizações encontrar-se-ão de novo, face a

face, numa grande celebração de Luz e Amor.

 

Trabalharemos em conjunto, mão na mão e coração com coração para construirmos a mais maravilhosa, mágica e permanente Idade Dourada da Iluminação, sabedoria, paz e abundância possível de imaginarem. Apoiar-vos-emos na construção de comunidades de Amor e Luz como nunca antes realizado e sem a interferência de quaisquer forças negativas que permearam este

planeta por tanto tempo. A longa noite escura que suportaram no planeta está quase terminada. Muito brevemente, a Luz brilhará luminosa como nunca para deleite de todos. Estão agora a experimentar as últimas horas de escuridão enquanto a aurora já espreita. Apesar de irem experimentar à superfície as alterações que há muito antecipam, pedimos-vos que entendam essas alterações como o “parto” do vosso planeta. Que o tempo está sobre vós e é muito importante que permaneçam centrados

no vosso Eu Sou. Não se permitam mergulhar no medo, meus queridos, e aceitem todas as mudanças e trocas que irão apresentar-se perante vós, independentemente do que vivenciarem à vossa volta. Acolham tudo isso como se fosse a mão de Deus criando um novo mundo para vós. Muito auxílio, de muitos pontos, estará à vossa disposição e também nós vos oferecemos o nosso apoio. Peçam-nos, simplesmente, a partir do vosso coração e estaremos aí para vos assistir. Aurelia Louise forneceu-vos um resumo da tragédia do afundamento do nosso continente há 12 000 anos. O objetivo disso era trazer-vos de volta a consciência dos pesados registros gerados pela devastação e

destruição. Queremos que saibam que a maior parte desses dolorosos registros ainda persistem na humanidade, até aos dias de hoje, nos corações e Almas de milhões de pessoas. A história da profunda mágoa e dos traumas de Alma que aconteceram naqueles dias é indescritível. É agora tempo de curar tudo isso, começando com o teu próprio ser. Estes registros antigos estão a causar, até à atualidade, uma espécie de

nevoeiro espiritual na consciência da humanidade. Muitos de vós fecharam a consciência à recordação de conhecimentos mais elevados porque a dor era insuportável. Eu próprio e muitos de nós em Telos gostaríamos imenso de esta

noite poder limpar uma grande percentagem desses registros remanescentes.

Um número suficiente de nós e de vós estão esta noite presentes para, se concordarem estabeleçam a intenção, podermos criar esta cura para vós e para o planeta. Gostariam de conseguir este objetivo esta noite conosco?

 

 

Fiquemos agora em silêncio durante uns breves momentos e peço--vos para estabelecerem as vossas intenções de terem os vossos próprios registros limpos e sanados. Mergulhem profundamente no vosso coração. Esta noite na comitiva estão também presentes muitos mestres, bem como o reino angélico, que estão prontos para vos assistir nesta grande limpeza. Depois de pedirem a limpeza para vós próprios, peçam silenciosamente, no vosso coração, com a permissão dos Eus Superiores

deles, limpeza e cura para toda a humanidade que pode, nesta altura, ter os seus próprios registros limpos. Asseguro-vos que existem muitos. (Momento de silêncio.)

Isto, meus amigos, porá a “bola a rolar”. Rolará como o efeito dos “Cem Macacos” até todos os registros serem limpos. Ajudará grandemente a humanidade. Muito obrigado por participarem nesta co-criação. Prestaram um enorme serviço ao planeta e também a vós próprios. Tomamos esta energia que agora criaram ao redor do planeta para

curarmos muitos. Agora que uma grande percentagem de registros foram limpos e sanados esta noite, vamos abandonar as tragédias e o sofrimento do passado e preparar-nos com abertura para os próximos grandes eventos que estão atualmente em marcha, abençoando o planeta de formas que ainda não conseguem compreender. Os portais para ligarmos coração a coração com a humanidade estão agora abertos mais

diretamente. Agradecemo-vos este serviço planetário e a vossa presença aqui esta noite. Após algum tempo, estejam certos de que a longa e escura noite será completamente relevada. Não haverá mais sofrimento, nem lágrimas à superfície deste planeta. Se houver lágrimas, serão apenas de alegria e êxtase. Juntos, manifestaremos o mais glorioso destino para todos aqueles que assim escolherem. Somos os vossos irmãos e irmãs mais velhos, que se voluntariaram para vos mostrar o caminho e para se tornarem os vossos modelos. Porque já fizemos o que estão quase a conseguir, com a nossa ajuda, será muito mais fácil para todos vós. Convidamos-vos a tomarem as nossas mãos e a aceitarem a nossa ajuda. Sabem que temos a capacidade real de amenizar a vossa jornada para as próximas grandes aventuras planetárias.

Criamos a Nova Lemúria na 5.ª dimensão, um paraíso de maravilhas e magia. Tudo quanto sonharam está aqui e muito mais. Quando chegar o momento, em conjunto com todos vós, estenderemos a Lemúria à dimensão da superfície deste planeta. Ensinar-vos-emos tudo quanto sabemos e tudo o que aprendemos nestes últimos 12 000 anos do nosso isolamento das pessoas da superfície. Eu Sou Adama e comigo os companheiros Lemurianos, em conjunto, aplaudimos a vossa vitória.

Aurelia Louise Jones

 

Efeito dos Cem Macacos — Quando um número limitado de indivíduos atinge uma nova consciência ou descobre uma nova maneira de executar algo, o fenômeno fica registrado na consciência coletiva desse grupo. Mas se, para além desse número, apenas mais um indivíduo (o centésimo!) sintonizar o novo grau de consciência ou conhecimento é criado um campo de ressonância mórfica e esse grau ou conhecimento é captado e registrado pela grande maioria dos indivíduos, independentemente da proximidade geográfica do grupo emissor original. Ref. Internet: Os Macacos da Ilha de Koshimo, artigo — Lyall Watson;

A New Science of Life (Campos de ressonância mórficos) — Rupert Shelldrake. (N. da T.)

Revelações da Nova Lemúria

http://fraternidadebranca-luzdanovaera.blogspot.com/search/label/LEMÚRIA